Imprensa


Aumenta a procura pelo serviço de self storage, e o aluguel de boxes é visto como alternativa
para reduzir custos operacionais

 
Neste cenário de retração econômica, aderir ao serviço de self storage tem sido uma prática cada vez mais comum entre as empresas baianas, como alternativa para reduzir custos operacionais. Com origem no mercado americano, esse segmento cresce em média 30% ao ano no Brasil e conquista clientes em todas as regiões.

O empresário Mozart Santos está montando uma loja virtual para comercialização de frutas, legumes, sementes, polpa de frutas e hortaliças -orgânicas, hidropônicas e convencionais. Antes mesmo da Netfrut entrar em operação, com venda direta pela internet, ele aderiu ao serviço: alugou um box na Guardex, a maior empresa de self storage e guarda-móveis da Bahia. “Utilizo o galpão para armazenagem de produtos não perecíveis e uso muito a estrutura oferecida pela empresa, para reunião com fornecedores e clientes”, explica o sócio da Mozart Agrocomercial. “Basta agendar e tenho acesso à sala de reuniões, com internet wi-fi. Essa estrutura ajuda muito”, diz.

Mozart ressalta que essa alternativa é ideal, “tanto para empresas estabelecidas, que precisam reduzir custos, como para quem está na etapa de implantação, como eu”. Ele destaca que seria muito mais caro comprar ou alugar um depósito. “Imagina ter de pagar IPTU, condomínio, pagar taxas municipais, se fosse alugar um ponto. Com o self storage a gente elimina todas essas despesas”, destaca.

Segurança e armazenamento adequado em espaço climatizado, com limpeza e dedetização constantes, são apontados como diferenciais importantes para ele. Outra vantagem destacada pelo empreendedor é a flexibilidade dos contratos. “Hoje alugo um box pequeno (2m²) mas posso mudar de acordo com minha necessidade”, diz.

Crescer na crise

Sócio da JV Distribuidora de Alimentos, Vandson Luiz Pereira adotou estratégias para crescer durante a crise. Ele atua com a venda de cestas básicas em domicílio. “Alugar um galpão na Guardex foi a melhor solução para armazenamento. O custo de aluguel é muito menor e conto com ótima infraestrutura, segurança, comodidade, além da localização estratégica, perto das principais vias de acesso da cidade”, diz.

Ele é sócio da esposa e o diferencial da distribuidora de alimentos “é oferecer cestas básicas com produtos de qualidade e menor preço”. Por isso, o self storage foi adotado, e aprovado, como alternativa para reduzir custos operacionais. “Nem penso em alugar um galpão convencional ou abrir um ponto comercial. Vendo direto para o cliente e essa é a melhor alternativa”, constata.

As vantagens competitivas do self storage são cada vez mais conhecidas por empresários baianos. O aluguel de um box no tamanho de uma sala comercial, por exemplo, custa 50% menos, comparando com o custo da locação de um imóvel. Outro diferencial é que o box não tem despesas de condomínio, água, energia, segurança e demais gastos de manutenção.

A procura por boxes na Guardex dobrou neste segundo semestre. “Nossa maior demanda hoje é de empresas, de vários segmentos e tamanhos, que estão enxergando o serviço como uma alternativa de enxugar os custos”, explica o sócio diretor da empresa, Fernando Nascimento.

A Guardex disponibiliza boxes individuais, que variam de 1,5m² a 27m², com segurança 24 horas – tecnologia norte-americana de monitoramento via wi-fi (a transmissão do circuito interno de TV é ininterrupta) e sensores de movimento. “O cliente leva sua própria chave para trancar o box e tem acesso livre em horário comercial”, afirma Fernando.

Para alugar um box, o contrato é feito sem burocracia, bastando apenas apresentação de documentos, e não é preciso ter fiador. A reserva pode ser feita pelo site, telefone ou no local. A Guardex está localizada na Rua Jorge Novis, 124, esquina com a Avenida Heitor Dias, na Rótula do Abacaxi.