Imprensa

GM leva estudantes à final mundial de competição de robótica
Campeã de seletiva internacional, equipe de Gravataí (RS), é destaque na FIRST
 
Estudantes gaúchos da cidade de Gravataí tem encontro marcado entre as próximas quarta-feira e sábado (24 e 27/04/2013), em Saint Louis, nos Estados Unidos, para a disputa da etapa final da FIRST Robotic Competition (FRC) – nada menos que a maior competição envolvendo equipes de robótica no mundo. E não é só isso. A equipe da General Motors, intitulada “The Brazilian Trailblazers”, é o único grupo do gênero no Brasil formado exclusivamente por alunos da Rede Pública de Ensino.
 
A equipe reúne ao todo 27 estudantes com idade entre 11 e 18 anos e tem como prerrogativa para seu ingresso, estarem devidamente matriculados na Rede Pública de Ensino. O apoio da GM compõe uma das ações do Instituto General Motors (IGM), braço social da empresa que desde a sua fundação, em 1993, incentiva projetos educativos, ambientais e filantrópicos nas comunidades próximas às fábricas e às instalações comerciais da GM. A instituição atua para resgatar a cidadania de jovens e adultos de comunidades carentes, por meio da área da Educação.
 
“São iniciativas e projetos como estes que demonstram o comprometimento de nossa empresa e do IGM, em particular, com o futuro e o desenvolvimento da comunidade em que estamos inseridos”, destaca Pedro Luiz Dias, diretor de comunicação Social da GM do Brasil e Vice-presidente do IGM. Segundo ele, o trabalho desenvolvido em Gravataí têm referência em projetos similares que a GM promove em outros países, em especial os Estados Unidos, onde a empresa é assídua no segmento. “O fato desta iniciativa contemplar jovens com grande potencial e que buscam oportunidades de estudo e trabalho a torna ainda mais acertada”, acredita.
 
A participação da equipe de Gravataí na etapa final da FIRST é resultado do desempenho de duas seletivas internacionais que o grupo participou ao longo do mês de fevereiro deste ano, respectivamente nas cidades de Myrtle Beach, na Carolina do Sul; e Orlando, na Florida. Nesta última, os gaúchos garantiram nada menos que a primeira colocação geral. Em cada seletiva, até 65 equipes foram envolvidas nos jogos.
 
Nesta edição da FIRST, a disputa entre equipes envolve o jogo “Ultimate Ascent” (Subida Final), que consiste em uma competição entre robôs lançadores de frisbees. Cada equipe é responsável pela construção própria de seu robô, atendendo normas e requisitos pré-estabelecidos pela organização do evento e que nivela o nível de competitividade e competência dos participantes. O time da GM Gravataí dedicou o último mês de janeiro à elaboração do seu projeto, desenvolvido 100% pelos alunos.
 
Sobre a FIRST - Organização não-governamental vinculada à NASA, a FIRST - For Inspiration and Recognition of Science and Technology (“Para inspiração e reconhecimento da ciência e tecnologia”), foi criada em 1989 pelo norte-americano Dean Kamen, na cidade de Manchester (New Hampshire), nos EUA. Mantida com a missão de despertar nos jovens o interesse pela ciência e tecnologia, ela promove elapromove campeonatos de robótica em todo o mundo. Mais informações: www.usfirst.org
 
###
 
A General Motors Company e seus parceiros produzem veículos em 30 países e a empresa ocupa posição de liderança nos maiores mercados automotivos do mundo. As marcas da GM incluem Chevrolet e Cadillac, além de Baojun, Buick, GMC, Holden, Jiefang, Opel, Vauxhall e Wuling. Mais informações a respeito da empresa e suas subsidiárias, incluindo OnStar, um líder global em segurança veicular, proteção e serviços de informação, podem ser encontradas em http://www.gm.com.
 
No Brasil a GM fabrica e comercializa veículos com a marca Chevrolet há 88 anos. Em 2012 a Chevrolet vendeu no país 642.649 veículos. A companhia tem três Complexos Industriais que produzem veículos em São Caetano do Sul e em São José dos Campos, ambos em São Paulo, além de Gravataí (RS). Conta ainda com unidades em Mogi das Cruzes (produção de componentes estampados), Sorocaba (Centro Logístico Chevrolet) e Indaiatuba (Campo de Provas), todas em SP, além de um Centro Tecnológico, em São Caetano do Sul (SP), com capacidade para desenvolvimento completo de novos veículos. A subsidiária brasileira é um dos cinco centros mundiais na criação e desenvolvimento de veículos. Mais informações podem ser encontradas no site http://media.gm.com/brasil e Twiter: www.twitter.com/GMBPress